Lagarta do Pinheiro | Campanha de Sensibilização

30-JAN-2018

 

Foi detetada na freguesia de Arruda dos Vinhos, nas áreas da Quinta da Serra e das Antas, a presença da doença florestal denominada «Processionária», uma praga vulgarmente apelidada de «lagarta do pinheiro».

 

Esta espécie é um inseto desfolhador que afeta as árvores de género Pinus e Cedrus, sendo conhecida como «processionária» pela forma de como, em procissão/fila, as lagartas saem dos troncos para o solo, iniciando uma fase de pupa, que pode durar até 3 anos. 

 

Em determinadas fases do seu desenvolvimento (normalmente nos meses entre novembro e fevereiro), as lagartas geram pelos urticantes que provocam alergias na pele, olhos e no aparelho respiratório dos seres humanos e alguns animais. 

 

Caso encontre alguma lagarta, aconselhamos que evite qualquer tipo de contacto direto, devendo utilizar luvas, máscara e óculos protetores.


---

Para mais informação, recomendamos a leitura do folheto informativo distribuído pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, disponível aqui.

  • Partilhar